sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Jogo de xadrez...


Já te disseram? Não, pois então eu digo: a vida é um jogo de xadrez! Em tudo o que fazemos devemos esperar nossa vez e essa nossa "reação", digamos, depende de uma ação anterior. Essa ação anterior não é nossa. Assim como num jogo de xadrez, não podemos fazer duas jogadas seguidas sem quebrar as regras e comprometer o jogo.

Jogamos. Mas a pessoa pode ser bem mais que uma: você pode jogar durante uma apresentação (seu público será a pessoa com quem joga). Devemos esperar que a pessoa com quem jogamos faça sua parte, e isso vale tanto pra interação (realizando algum trabalho, etc) como para a própria comunicação. Também vale no amor.

Então, o meu pedido é que você se concentre no jogo que tem em mãos e não deixe escapar a sua vez de jogar. Saiba que a pessoa que joga com você estará esperando sua vez passar para que ela volte a jogar novamente.
.
.
.
Então, pergunto, essa não será a sua vez? Pense bem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário