Sobre


Quem Escreve

Nunca fui movimento, inquietação;
Pelo contrário, sempre fui a solidão.
.
Eu adoro me perder em definições de mim
Começando pelo meio e pelo fim;
Esperando algo, de repente, fazer sentido
Ou um anjo me confessar ao pé do ouvido
Segredos que os milênios têm guardado
Em cores ou em sorrisos num retrato.
.
E mesmo assim continuo sem resposta
Mas permaneço, inquieta, atrás da porta.
Espero que algo chegue até mim
E me dê a explicação pra eu ser assim
Contradição e opostos em algo só
Em notas, escalas, mi ré fá e muito dó.


O Blog

Não sei se é exclusividade minha, mas convivo com a sensação de que me falta uma plataforma que sirva de suporte para minhas experimentações. É fato que existem centenas delas hoje em dia, de todas as formas, cores e gostos. Mas acontece que os meus desejos parecem tão plurais que, quando pego tempo para esmiuçá-los, descubro que são singulares. E assim fico com a sensação de que não há espaço para eles no mundo.

Tenho vontade de tudo ao mesmo tempo. Viver, na minha definição, é ter que lidar com impulsos opostos e ser desafiada constantemente a encontrar suas semelhanças, seus pontos comuns. E enquanto não alcanço esse objetivo - mesmo que seja aos pouquinhos -  a sensação é de que vivo às avessas, de forma incompleta.

Por isso, o blog será um espaço mais eclético. Então não se assuste: ele pode parecer um bagunça de conteúdo que, à primeira vista, não tem nada em comum, mas  com o tempo ele vai ganhando vida.

Ficha Técnica


Nome: Blog da Also
Temática: Variada
Ativo desde fevereiro/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário