sábado, 13 de fevereiro de 2010

Carnaval de duas faces.



E é Carnaval! Época de alguns darem vivas à alegria, às fantasias, às belas mulheres esculturais. Mas cabe ressaltar que nesse pacote vêm incluídas vivas às bebidas, ao sexo não seguro e à alienação. 

Ah, pessoal, mas é o Carnaval! Aquele que nos faz tão famosos lá fora (Beyoncé e Madonna que o dirão!). E daí que tem seu lado ruim, o que é que não tem? Vejam o lado bom, não é assim que nos ensinaram? A transformar o harmonioso em belo e atraente, misturando doses de alegria vendida com cerveja barata? Ué, o povo aprendeu. E como o povo aprendeu!

O Carnaval me faz lembrar as tragédias que aconteceram no Brasil e que não deram em nada. Me faz lembrar do João Hélio, João Roberto, Isabella, Eloá... a lista seria infinita. 

O Carnaval também me faz lembrar de uma frase em especial. Uma frase que eu me lembro ter ouvido faz um tempo e que contêm palavras que saíram da boca do pai de uma das vítimas. Era mais ou menos assim:

"Um país que se reúne pra sambar, pra ver futebol e que, em horas como essas, não faz nada!"
.
.
.
E você, o que o Carnaval te faz lembrar? Qual das faces dele você prefere?

Um comentário:

  1. Gostei muito da sua reflexão sobre o carnaval!
    Eu tenho pavor a essa festa e me delicio apenas com o enorme feriado que ela me proporciona... fora isso odeio o rebolation e afins, rs. Fiz um post sobre isso em meu blog também!

    O que o carnaval me faz lembrar? Me faz lembrar o quanto somos passivos diante do sofrimento alheio!


    Beijoooos

    Tou te seguindo!

    ResponderExcluir