quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Panelas batidas seletivamente


Uma sociedade de memória curta
Que esquece suas mazelas,
Sua injustiça, suas lutas
Noticiário só se depois vier novela

Uma sociedade com memória seletiva
Se o caldo entorna pro seu lado
Busca-se uma alternativa
Se não, pra que ficar transtornado?

É criança pendurada na janela
É fome, é opressão, é morte
É cassetete e corpo estirado no chão

Mas por quem batem nossas panelas?
Quem nelas bate tão forte?
Quem é que as têm nas mãos?

10 comentários:

  1. Não conhecia a música, mas gostei bastante da letra, é bem profunda e remete muito bem a nossa e várias outras sociedade que estão passando por vários problemas, e que muitas vezes pessoas vão à lutas mas não sabem o porque e nem contra quem estão fazendo suas lutas.
    Trouxa do Livro

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Parabéns por colocar essa música aqui. Não a conhecia, mas a mensagem é forte e super atual! Tá difícil viver nesse país mesmo, infelizmente...

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Eu AMEI O POST! Não conhecia a música nem os versos e achei ótimo. Ultimamente tá difícil viver ou pensar na questão política do nosso país.
    Parabéns!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi Andressa.

    Muito bom seu post porque não conhecia a música. Ela tem uma letra bem profunda e bastante interessante. Deu certinho com o momento que estamos passando.

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto, breve e passa a ideia nitida do que estamos vivendo ultimamente. Gosto muito de críticas do tipo. Parabéns, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Post diferente!
    A junção da musica e poesia ficou incrível.
    Parabéns pela originalidade.

    #Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá! Adorei o seu texto! É como uma frase que li esses dias naqueles posts de Facebook: Bandido bom é bandido morte, SE não for o riquinho que trafica drogas dentro da escola; se não for o cara legal que vende pirataria; se não for o político malandro; se não for aquele que falsifica carteira de estudante para pagar meia entrada. É muito fácil bater panelas, difícil mesmo é lutar em nome de quem realmente precisa!
    Beijos!
    Karla Samira
    https://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Desconhecia a música, mas achei a letra bem interessante e creio que a junção dela com o texto complementar que é a poesia se enquadra no atual momento do Brasil, onde muitos batem panela por ai mas que realmente não arregaçam a manga para fazer valer seus ideais.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    A atual situação do país descrita em poucas palavras, com uma mensagem clara e sucinta. O país vive um momento de conceitos invertidos, todos querem ver ações e medidas que melhorem a situação econômica, mas ninguém quer colocar as mãos na massa. Gostei bastante do seu post, vale a pena refletir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, não conhecia a música, mas remete muito a atual situação do país, né? Uma boa critica ao governo e a população que fecha os olhos para os problemas.

    http;//porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir