domingo, 1 de abril de 2018

Deadline


No susto, na correria, na pressão, em cima da hora: foi assim que decidi fazer meu primeiro BEDA. Apenas sentei, enquanto viajava de Madrid para Porto, e listei a maioria dos temas que queria escrever em cada dia.

E, parando para pensar nessa fase da minha vida, vejo como a maioria das coisas que fiz nos últimos três meses foram assim, sem pensar muito. Esse primeiro post foi pensado para ser um resumo sobre como é fazer intercâmbio, mas de última hora me veio essa vontade de falar como a vida às vezes nos impele a tomar decisões importantes em um tempo curtíssimo.

Minha tendência natural é pensar, pensar, planejar e pensar mais um pouco para ter cerca de 75% de certeza. Depois disso, eu também costumo arredondar as ideias e é nessa fase que muitas delas são eliminadas do universo de coisas que vou fazer na vida ou se transformam radicalmente em outras ideias depois de tanta mudança e ajuste. Só que a vida foi acontecendo e eu tive que aprender a agir mais e não só pensar.

Pensar é bom, planejar é ótimo, mas roteiro nenhum nos prepara para as surpresas do percurso. E eu geralmente ficava desesperada, tipo "como eu vou tomar a melhor decisão possível se eu nem sei quais são todas as decisões as quais eu tenho direito?". Sim, eu tinha pequenos surtos diários por coisas banais e quem convivia comigo me aguentava porque era dotado de paciência divina.

Hoje eu continuo cedendo à minha ânsia de planejar e organizar a vida, mas consigo conter o grito na garganta quando alguém propõe seguir o fluxo e "ver em que as coisas vão dar". Viver assim é louco e ousado para os meus padrões, porém tenho gostado. Apesar de não raramente eu me pegar pensando em me tornar expert em tomar as melhores decisões logo de cara, preciso confessar que aceitar meus erros e encarar tudo com mais leveza têm seus benefícios.

É verdade que mudamos, mas eu sempre pensei que as minhas mudanças seguiriam algum tipo de padrão lógico e se manteriam fiéis ao que eu acreditava ser a minha essência. Agora eu só sei que mudamos e que isso é tudo. Mudamos sem regras, sem lógica e até sem coerência. Apenas mudamos.
.
Esse é o primeiro post do meu primeiro BEDA (Blog Every Day in April). Vou tentar fazer isso com decência e produzir um bannerzinho legal quando eu tiver com meu notebook em mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário